terça-feira, 8 de novembro de 2022

NOD148. Um estranho capataz

O número 27 da Coleção Fúria de Bravos traz-nos mais uma novela resumida de título «Um estranho capataz» e cujo autoria pertence a um nome praticamente desconhecido, Carcyl Norton. E pode dizer-se que, malgrado tratar-se de um resumo, a novela, inserindo-se no tradicional conflito entre ovelheiros e ganadeiros, até é agradável de ler. 
Os ovelheiros chegaram cheios de arrogância, enviaram pistoleiros para matar aquela gente toda que não os tolerava por as ovelhinhas comerem as raízes das plantas e um rancheiro contratou vários pistoleiros para lhes fazer frente, não sabendo que o seu capataz tinha já trilhado esses caminhos embora agora estivesse inutilizado por causa de uma perna partida o que também levou a que a filha do rancheiro lhe votasse algum desprezo. 
A verdade é que os pistoleiros contratados acabaram por não honrar o acordo, receberam dinheiro do chefe ovelheiro para não o incomodar e exigiram ao que os tinha contratado o dinheiro que tinha sido combinado, partindo em seguida para longe. 
Num esforço titânico, o capataz aleijado perseguiu-os, abateu-os, recuperou o dinheiro, tratou do chefe ovelheiro e conquistou a filha do rancheiro. Um final feliz!

quinta-feira, 20 de outubro de 2022

NOD147. A orgulhosa de Fowler


 
Todos os arrogantes têm uma história triste por trás. Isso acontecia com aquela mulher, a orgulhosa de Fowler. Uns anos antes, tinha sido violada, roubada e, não contentes com isso, ainda lhe raptaram a filha... Nunca mais soube dela.
Um dia, o filho de alguém que participara nesses atos chegou ao seu rancho e contratou-o. Ambos se reconheciam na história do passado, mas tentaram ocultar isso um ao outro. Relacionavam-se, sempre com algo escondido nesse relacionamento.
Ela conduziu a sua vingança e fê-lo ir parar à prisão...
A novela desenvolve-se verdadeiramente cinco anos depois. O ex-presidiário procura a menina raptada e, após ter abatido os que efetivamente participaram no vil ato, trá-la para junto da mãe.
Mas alguém o esperava com más intenções, alguém tinha cometido ações torpes na sua ausência.
Eis mais uma narrativa de Joe Mogar um pouco complexa, em determinados momentos, com passagens muito comoventes.
A capa, magnífica, não assinada, mostra o retorno a Fowler com a menina raptada, entretanto vítima colateral do ataque que lhe moveram no regresso.

Estrutura da obra:

01 Aquele olhar... 

terça-feira, 18 de outubro de 2022

NOD146. A próxima paragem



Será legítimo fugir à Justiça quando tudo nos parece organizado para nos tramar? Sam Farley não hesitou no momento decisivo: quando o comboio que o conduzia para o julgamento passava na ponte sobre um rio, aproveitou a distração dos guardas e… saltou. A partir daí, a vida organizou-se em termos de “a próxima paragem”. 
Ferido por um tiro foi socorrido pela jovem Alice a quem se afeiçoou. A rapariga era bonita e, em breve, entre os dois nasceu uma cumplicidade notável. A verdade é que a família da rapariga também tinha os seus problemas. Quase que poderia dizer-se: “todos eram bandidos”. 
O filho do banqueiro andava embevecido pela jovem e não deixou de utilizar a chantagem para a tentar afastar de Farley que, entretanto, tinha mudado de nome, mas, em breve, notou que, a bem, era impensável separá-los. 
Até que alguém reconheceu Farley e este, depois de vender sob coação, o rancho da jovem ao banqueiro, fugiu com a rapariga procurando iniciar uma nova vida, uma vida longe de quem tudo fizera para os tramar.

segunda-feira, 12 de setembro de 2022

NOD145. Petróleo Maldito

Houve homens no Oeste que jamais trocariam a sua cabana do bosque por um palácio em Boston. Com Eustace Wheelér sucedia o mesmo; ele era um homem do Oeste, amava as planícies intermináveis, as manadas de vacas, os vales solitários; um homem como ele nao poderia ver o solo que percorria a cavalo ser rasgado pelas monstruosas máquinas e sondas perfuradoras de petróleo, nao poderia trocar o perfume campestre pelo cheiro de ouro líquido, nao poderia consentir que o gado morresse assim... 
E como Wheeler se não decidia pelo início da exploração petrolífera alguém se encarregou de libertar a sua terra para os herdeiros, assassinando-o. 
Dan Dow, o rural mais valente, foi encarregue inicialmente da proteção e em seguida da descoberta do assassino de Wheeler. E teve muita matéria por onde começar, desde três belíssimas mulheres que parecia estarem ali para lhe oferecer os encantos. Depois, o leque de suspeitos foi estreitando até que, mesmo sem falar com o verdadeiro culpado, o rural chegou a uma conclusão. 
Esta é uma novela que, se publicada no seu conteúdo integral, poderia dar uma excelente obra. Infelizmente, os responsáveis pela edição preferiram resumi-la cortando algumas partes tão essenciais que por vezes se não descobre como é que certas personagens chegaram ao contacto umas com as outras. Foi pena, o próprio autor, Fred Dennis, não gostaria nada do que lhe fizeram…

segunda-feira, 29 de agosto de 2022

NOD144. Suores frios

Nada parecia meter medo ao xerife Deny Chelan. O seu prestígio era tão elevado em Silverton que tudo indicava não ter qualquer dificuldade em ser eleito para senador apesar de a sua perseverante perseguição a criminosos ser aproveitada por alguns oposicionistas para denegrir as sua qualidades humanas.

Mas um dia as coisas foram diferentes. Um grupo chegou à cidade e o xerife foi desafiado para um duelo sob o pretexto de ter abatido um familiar do principal contendor. E o seu comportamento tornou-se estranho.

O xerife não aceitou o desafio, passou por cobarde aos olhos de todos, não permitiu que os seus ajudantes tomassem uma posição. A agravar o seu sofrimento veio a saber que o principal borracho da cidade estava apaixonado pela sua esposa. Resolveu então terminar com tudo. Numa noite retirou as balas do tambor do seu revólver. Na manhã seguinte, despediu-se da mulher com um beijo com a sensação de ser o último e partiu disposto a aceitar o desafio.

Silverton ia assistir a mais um derramamento de sangue...

quinta-feira, 4 de agosto de 2022

NOD143. Um tiro pelas costas



A ação desta novela desenrola-se debaixo do enquadramento de algo que começou dez anos atras. 
Tudo começou  no Arizona, próximo da fronteira corn o México. Vivia aí um rico fazendeiro mexicano chamado Vargas. Esse homem cometeu a estupidez de guardar em casa uma verdadeira fortuna em moedas de ouro e em joias. Mas isso nao era de estranhar porque a sua mulher gastava muito e era muito vaidosa.
Naquela época Dick Cobb tinha um socio, e juntos decidiram fazer um golpe e roubar o mexicano. Assim o fizeram, mas Vargas era um homem valente e defendeu-se. Durante o tiroteio ele e a mulher morreram. 
Dick e o sócio tiveram de fugir a toda a pressa para nao serem capturados. Na confusão da fuga, o sócio, Art Boydman, fugiu corn todo o dinheiro e Dick nunca mais o viu, vindo a descobrir muito mais tarde que tinha ido trabalhar para o rancho do velho Wood, avô da belíssima Deborah, a quem assassinou com o objetivo de recuperar o tesouro.
Deborah desesperou e encontrando em Dodge um pistoleiro parecido com Dick deu-lhe um tiro pelas costas e pôs-se em fuga. Felizmente não o matou pois conseguiu no homem a quem tentou abater, John Lee, o melhor aliado.

Estrutura da obra:

sexta-feira, 8 de julho de 2022

NOD142. Enforquem a "Loira" Jane


A "Loira Jane" foi injustamente acusada do assassínio de Tony Madigan, um jovem, filho de um rico rancheiro, que se julgava o dono do Mundo. A população de Candelaria, enfurecida, preparou-se para a linchar, roubando-a à guarda do xerife.

Dave Doston e “Nino” Gallardo passavam por aquela povoação, conhecida do primeiro que a julgava pacífica, e ao se aperceberem do que a população pretendia fazer, resolveram ajudar a loira para que pudesse ter um julgamento justo. E fizeram-no contra tudo e contra todos, mesmo disparando contra os que representavam a Lei.

Começaram assim as perseguições e as fugas e as múltiplas tentativas de encontro com o xerife para procurar uma solução.

A bela “Loira" Jane acabou por convencer Dave da sua inocência o que foi reforçado pelo testemunho do homem da cocheira, a única pessoa de Candelaria que acreditava na rapariga. Assim, foi montado um ardil para que o verdadeiro assassino de Tony se desmascarasse. E não se tardou a descobrir que estava muito perto dele.

Trata-se de uma novela com alguns momentos engraçados, embora por vezes o seu desenrolar seja difícil de acreditar. O resumo a que terá sido sujeita não a terá beneficiado e a rapidez com que o senhor Argo teve de escrevê-la terá tido as suas consequências em algumas inexatidões como por exemplo a confusão entre Las Vegas e Santa Fé como ponto ao qual se dirigiam os dois vaqueiros.

Eis a estrutura e texto da obra:

01.Candelaria, um povoado mui tranquilo

02.Perseguição e tiroteio

03.A história de "Loira" Jane

04.Tiroteio ao amanhecer

05."Loira" Jane recupera o dinheiro e... ma...

06.A fuga de cavalos que enganou os persegu...

07.Revelação importante: o homem que subiu ...

08.O desaparecimento de "Loira" Jane

09.E novamente Jane é salva por milagre

10.Nova perseguição

11.Acordo com o xerife

12.Um ardil para apanhar o assassino

13.A confissão de um canalha


terça-feira, 28 de junho de 2022

NOD141. História de um bandido


Juan Rode vivia apaixonado por Carmen da qual teve uma filha. Mas o pai não aprovava a sua ligação e, seduzido por uma mulher, deserdou o filho e entregou os seus bens aos familiares daquela.
Juan ficou como louco e desatou a disparar. Involuntariamente atingiu a mulher. Fugiu, deixando a filha entregue a uma família amiga para quem enviou dinheiro regularmente. A sua vida transformou-se num inferno de assaltos e assassínios, passando a ser conhecido por Tom «el Toro».
Um dia voltou junto daqueles a quem confiara a filha e veio a descobrir que o dinheiro quem enviara tinha sido usado em proveito próprio. Começou aí nova matança e a procura incansável da filha.

Estrutura da obra:

sábado, 18 de junho de 2022

NOD140. Dois renegados

Neste documento, o autor, Ros M. Talbot, alerta-nos para a necessidade de ler as linhas dos contratos em letra pequena. Através disso, a beldade Joan descobriu que os terrenos que o pai tinha libertado para a reserva índia lhe seriam devolvidos caso estes um dia abandonassem a reserva. 

Um dia, num momento em que o caminho de ferro estava para passar por aquelas paragens e com o beneplácito dos responsáveis da aldeia ferroviária, teve a miraculosa ideia de fazer a vida negra aos índios, contratando um bando para lhes matar os bisontes e tornar a sua existência insustentável. Julgava assim que eles abandonariam o local e ela acabaria por receber a indemnização relativa à expropriação por as terras voltarem à sua posse.

O azar do bando formado em torno destes interesses foi a existência de dois renegados, um índio e um branco, que integrados no meio da outra raça acabaram por lhes descobrir, denunciar e destruir o maquiavélico plano.

«Shoshone», assim era chamado o renegado índio, ao voltar à sua terra reconquistou Nalinla e conseguiu um acto nobre perante os seus, vindo a ser reintegrado.

Está bem arquitetada esta obra de Ros M. Talbot, embora tudo pareça um pouco forçado. De qualquer forma, a escrita é agradável e o relato prende-nos do princípio ao fim. Aqui fica para leitura integral.

Esboço de ebook

Eis a estrutura da obra:

quinta-feira, 2 de junho de 2022

NOD139, Velha amizade


Terminada a guerra (?), três amigos são desmobilizados e preparam-se para retomar a sua vida civl. 
Harry tem um rancho, até ao momento gerido pela irmã, e vai desenvolvê-lo. 
Jeff, que tem um fraquinho pela irmã de Harry, pretende iniciar uma vida como criador. 
Matt continuará a dedicar o seu tempo aos prazeres do jogo. 
Passados dois anos, Jeff recebe um pedido de ajuda de Matt que terá tido ameaças de morte de um indivíduo a quem tinha «esfolado» sem batota. Imediatamente se prontificou a ajudá-lo, mas estranhou desde logo que os dois contendores não passassem a vias de facto em momentos em que se encontraram... 
Afinal, a história estava mal contada. Matt tinha participado no assalto a um banco e fugido com o dinheiro que agora, arrependido, pretendia devolver. Claro que os outros não estavam de acordo. 
Orlando Garr tem aqui uma novela interessante a qual não necessitaria de ser tão resumida. Pena que não tenha esclarecido melhor a proveniência dos amigos e o texto é em certas partes excessivamente escorreito. Mas a verdade é que a velha amizade venceu...

domingo, 29 de maio de 2022

NOD138. A lei de Lynch



Ao chegar às imediações de Misoula, Dave Steiner teve a grande surpresa de se deparar com o corpo de vários homens dependurados de árvores.

Misoula era uma povoação de suporte a pesquisadores de ouro entre os quais se encontrava o seu irmão Gilbert entretanto enriquecido e que o convencera a vir até junto dele.

Dave estava muito longe de supor o espetáculo que iria encontrar. Para além da estranha mania de deixar homens dependurados, Gilbert apareceu-lhe como um idiota que utilizava balas de ouro para ostentar a sua riqueza.

Ciente dos perigos dos actos do irmão, entretanto a abusar do álcool, Dave avisou-o com a possibilidade de alguma armadilha e a verdade é que estava a pensar corretamente. Um dia, o juiz Marlowe, pai da encantadora Elizabeth cortejada por Gilbert e pelo malvado advogado Merrill, apareceu morto com uma bala de ouro.

A cruzada de Dave para demonstrar a inocência do irmão foi infrutífera durante a vida deste, mas serviu para mostrar que é sempre bom saber escolher os sócios em explorações mineiras.

Esta novela, de um autor praticamente desconhecido (Bernard Lee), é muito interessante, apesar da escrita cheia de reticências por vezes se tornar desagradável. A Lei do Lynch, que pareceu a Dave tão selvática, acabou por demonstrar a sua necessidade e este teve de aplica-la contra indivíduos pouco sociáveis.

A capa do livrinho é excelente contrastando com o vendaval de capas horrorosas que se seguiria nas coleções da APR e constata-se o facto de a coleção já não apresentar o número seguinte o que era uma prática muito interessante. Na contracapa, mais um cromo da História de Lisboa sem a respetiva indicação e sem identificar autoria que supomos de Carlos Alberto Santos.

E aqui fica a estrutura da obra com os devidos apontadores para o texto:

segunda-feira, 2 de maio de 2022

NOD137. O último rebelde


A bela ideia chave deste livro não nos foi indiferente. Durante mais de cinquenta anos bailou na nossa cabeça e, finalmente, o livro voltou às nossas mãos. Oh! Quantas vezes recordei aquelas palavras: «Salvaste-me a vida e eu dei-te o coração».
Temos de provar que isto acontece mesmo em «O último rebelde». É, por isso, que a partir de hoje e nos próximos dias vamos publicar, em formato passagens, o livro por inteiro. Eis o prólogo...

A guerra da Secessão americana principiou em 12 de Abril de 1861. Depois de várias alternativas, a vitória inclinou-se definitivamente para o lado das Repúblicas da União.
Texas permaneceu sempre fiel aos confederados do Sul, embora no seu território não se houvesse travado nenhuma batalha importante, mas apenas algumas escaramuças.
Em 3 de Abril de 1865 o general Lee, com 60 000 homens, rendeu-se em Appomatox-Court--House às tropas do Norte, acaudilhadas pelo general Grant.
No dia 9 do mesmo mês, o general Johnston entregava-se em Raleigh com o resto das tropas sulistas, e essa rendição acabou com aquela sangrenta guerra civil, que durara quatro anos, e que se deu oficialmente por terminada em 27 de Abril de 1865.
Mas nem todos os componentes do exército sulista se conformaram com a rendição e muitos fugiram, de preferência a tornarem-se prisioneiros da União.
Entre estes, contava-se o major Ronald Watterfield.
Membro de uma abastada família de Alabama, e sulista até à medula, juntou ao seu redor um numeroso grupo de homens audazes e decididos, como ele fiéis ao seu ideal e que sempre conseguira iludir as fortes tropas da União, cujo Governo oferecera uma recompensa avultada a quem o entregasse.
Durante mais de dois meses não se falou senão do último rebelde. O eco das suas façanhas chegou aos mais ignorados recantos da jovem nação americana, até que de súbito, um dia, o grupo dissolveu-se e não mais se tornou a ouvir falar do major Watterfield, como se a terra o houvesse tragado.
Passou tempo, e aquela pujante nação, que se dedicava plenamente à sua tarefa colonizadora e expansiva, esqueceu aquele nome, mas a oferta de uma recompensa continuou de pé, pois que o Governo não podia deixar sem castigo o único homem que ousou desafiar o seu nascente poderio. 
Eis a estrutura da obra:

domingo, 1 de maio de 2022

NOD136. "Procura Sarilhos" Jimmy


"Procura Sarilhos" Jimmy era um homem que, inconscientemente, procurava a sua identidade. Fugido das masmorras da Guerra da Secessão, amnésico, cruzava o Oeste à procura de um homem com determinado nome, mas não resistia ao chamamento de uma mulher bela. 

sábado, 30 de abril de 2022

NOD135. Todos os culpados morreram

Todos os culpados morreram... 
... e alguns com aviso prévio, como pode concluir-se da estranha vingança de Frank relativamente à morte do irmão. 
No final, restou um jovem e uma rapariga que foi defendida por este em momento de voragem do malvado Frank que, num assomo de dignidade final, nem se defendeu. 
Trata-se de uma novela anedótica onde o número de mortos quase suplanta o número de páginas.

sexta-feira, 15 de abril de 2022

NOD134. Diligência para o inferno


Sentimos curiosidade ao encontrar este pequeno livro da coleção «Fúria de Bravos». Primeiro, porque se tratava de um texto do nosso velho conhecido Tex Taylor. Será que ele conseguiria transmitir neste pequeno volume todo o seu sentido de epopeia presente nas suas novelas sobre o velho Oeste? Em segundo lugar, admirou-nos encontrar uma novela exatamente com o mesmo título da anteriormente publicada e essa da autoria de Silver Kane. Haveria pontos comuns entre as novelas? Seriam um e o mesmo autor?

A verdade é que o texto, depois de um começo algo desastrado, não nos desiludiu a partir do momento em que o autor pegou na diligência e arrancou para território índio onde nos reservou uma cena magnífica com a bela Meredith em banho no lago ao luar. Não contente com isso, ainda nos conseguiu transmitir as emoções do rancheiro John Weldon perante o corpo desnudado da beldade. Assim, metade do livrinho merece verdadeiramente ser lido.

Quanto ao início...

Compreendemos que o autor tivesse de arranjar alguma maneira de fazer o rancheiro e a jovem conhecer-se. Mas aquele duelo com Hazes... O mínimo que se pode dizer é que não é convincente, pois nenhum pistoleiro tem o comportamento que Hazes evidenciou perante John Weldon. Em seguida, o duelo no «saloon» também é um pouco forçado.

Finalmente, posso garantir que este livrinho não tem qualquer afinidade com o de Silver Kane para além do título e da viagem na diligência.

Seguem-se apontadores para o texto mais informação sobre o que seria o próximo volume e a contracapa onde surge um cromo da «História de Lisboa». As ilustrações utilizadas são as constantes do livrinho para além de outras recolhidas da Net sem qualquer relação com a novela.

FBV034.01 Do banco para a prisão por causa de uma jovem elegante e de um beliscão

FBV034.02 Duelo no «saloon»

FBV034.03 Encontro na estalagem

FBV034.04 O estranho bailado do cavaleiro frente aos índios

FBV034.05 A estalagem destruída

FBV034.06 Banho ao luar

FBV034.07 Em defesa da sua amada

FBV034.08 Desejo de macho

FBV034.09 A ferocidade de Satanta

FBV034.10 As notas claras e vibrantes do clarim

FBV034.11 Epílogo

 

 


terça-feira, 29 de março de 2022

NOD133. Ataque no desfiladeiro


Trazemos hoje um conto assinado por Orlando Marques que nos relata a proeza de um homem que não hesitou em enfrentar uma tribo de Creeks em guerra apesar de se encontrar numa desproporção assinalável. Era a forma de ajudar os colonos instalados em Forte Preston cercados e sistematicamente a ser dizimados pelos terríveis guerreiros.

Assinale-se ainda neste conto a preocupação do herói em não martirizar mulheres e crianças que poderiam ser vítimas colaterais da sua luta de vida ou morte.

Esta história veio publicada nos fascículos do Mundo de Aventuras 497 a 502, apresentando em determinada altura uma gafe de atribuição a Jorge Magalhães. É ilustrada por cinco desenhos de autor não identificado que aqui reproduzimos.

sexta-feira, 25 de março de 2022

NOD132. Balas para todos

E voltamos a Tex Taylor... 
.. numa novela que já não tem aquele gostinho específico do Oeste, mas que, apesar de tudo, é plena de emoção. 
Um grupo bem estranho forma-se integrando o capataz de um rancho, um advogado e um ex-presidiário. O objetivo é apoderarem-se do rancho utilizando meios legais, depois de algumas falcatruas, e recorrendo a assassínios se necessário. A verdade é que iam conseguindo os seus objetivos e, não fosse a porfiada ação de um jovem que adorava a filha do dono do rancho, ela acabaria por não ser herdeira na sequência do assassínio que o malvado capataz executou na pessoa do seu pai. 
E, no final, houve balas para todos.

terça-feira, 8 de março de 2022

NOD131. Perseguido!

Três anos depois de ter abandonado a sua terra para procurar oiro no leito do Gila River, Dan Holliday iniciou, derrotado, o regresso, angustiado com a recepção que a sua noiva, Rosie, lhe dedicaria. Mas não chegaria ao seu destino…

Numa luta desigual, acabou por ser ajudado pelo chefe de uma quadrilha que, prometendo-lhe enriquecimento rápido, o levou a cometer uma série de crimes. Mas Dan não era homem para aquilo e um dia resolveu afastar-se, apesar de um dos velhos companheiros lhe garantir que o passado nunca deixaria de o perseguir.

E era verdade. Dan acabou por ir parar à prisão, participar em trabalhos forçados e demorou alguns anos a poder voltar à sua terra onde não teve uma receção calorosa. O pai da sua noiva estava envolvido numa intriga com o fornecimento de armas aos nortistas e o regresso do indesejado pretendente serviu-lhe de pretexto para o acusar de mais um crime.

Mais uma vez perseguido, Dan Halliday encontrou numa mestiça o alento para uma a sua salvação. Ela curou-lhe as feridas, mas também lhe limpou a alma de velhos fantasmas…

domingo, 27 de fevereiro de 2022

NOD130. O rancho dos assassinos

 

Silver City era uma cidade onde reinava a desordem e o banditismo. Dois homens acalentavam o sonho de impor a lei na cidade e um deles até se propunha tornar-se xerife na mesma para prosseguir essa empresa. Quis o destino que fosse abatido durante o assalto a um banco por bandidos e o seu amigo, Mike, resolveu vingá-lo assumindo-se como o novo representante da lei e ordem após nomeação pelo juiz Halloran.

Na posse do novo cargo, Mike foi convencido a ir até Santa Rita onde se teriam refugiado os bandidos. Também a Santa Rita chegou uma jovem, proveniente do Leste, com o objetivo de assumir um rancho herdado de um familiar. E qual não foi o espanto de ambos quando chegaram à conclusão de que o rancho estava ocupado por indivíduos esquisitos e perigosos.

Aqui fica uma novela de Sam Fletcher, um autor que conhecemos desde os primórdios da Coleção Búfalo.

sábado, 26 de fevereiro de 2022

NOD129. Assassino precisa-se

 

Allan era um tipo solitário, um verdadeiro nómada das pradarias. Nunca parava muito tempo no mesmo local. 

Grassville era uma povoação pacífica, uma terra onde se criava gado e o xerife passava o tempo sentado sem preocupações de maior.

Mas, quando Allan se dirigiu àquela cidade, assistiu a um espetáculo tétrico que vitimizou três vaqueiros. Sem poder fazer nada para os socorrer, viu que foram baleados. Um deles era herdeiro com a irmã de uma propriedade bastante próspera e fazia uma certa oposição à união dela com um agiota.

Pouco depois de ter entrado em Grassville, Allan viu-se acusado de um crime que não cometera simplesmente pelo facto de a poeira no seu cavalo denunciar a sua presença no local do crime. E o principal acusador era o famigaredo agiota. Porquê? Será que temia que ele lhe roubasse a noiva?

Esta novela é da autoria de Edgard Kennedy um autor de quem se poderia esperar um argumento um pouco mais elaborado. Mas tem interesse e lê-se relativamente bem embora desde o princípio de adivinhe quem é o criminoso.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2022

NOD128. Eu vi quem matou!

Warren Harvey dirigia-se para o vale de Yosemite na esperança de encontrar trabalho. A jornada não foi fácil, pois cometeu a imprudência de atravessar o deserto e o cavalo, depois de grande esforço, não resistiu. 
Num momento de descanso, ouviu tiros e presenciou uma cena dramática: um grupo de homens assaltava uma diligência e, no final, um deles desfechou um tiro no guarda e gritou bem alto o nome de outro bandido: Nason. Warren prometeu a si próprio não esquecer aquele nome, mas, pouco depois, escondido na vegetação, notou que os assaltantes utilizavam nomes diferentes. Estranho quele acto! Que esconderia? 
Depois de uma curta refrega com os assaltantes, conseguiu escapar-lhes e dirigiu-se a pé até a uma cabana onde pediu ajuda. Qual o seu espanto quando soube que um dos que a habitavam se chamava Nason e nada tinha a ver com os assaltantes… 
Aqui deixamos uma novela intrigante de Louis Rock que explora as rivalidades numa sucessão ao cargo de xerife.

NOD127. Uma mulher de recursos

Contradição curiosa entre o título da capa e o que ostenta a primeira página. Mas a verdade é que a "Trampas" Jane tinha recursos suficientes para pôr muito galifão doido por ela e em sentido. Eis mais um título de Ricky Dickinson, o criador de Pícaro Bill, com as figuras já conhecidas e no ambiente de Dodge City.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2022

NOD126. Luta Selvagem

Qunado aquele homem chegou a Virginia City e o seu primeiro passo foi dirigir-se ao cangalheiro para lhe pagar um serviço futuro, este ficou desde logo a saber que grande sarilho iria ter lugar na cidade. Mas não teve hipótese de assistir pois o seu cliente deixou-o fechado num caixão. 
A verdade é que depois de ter vingado a morte do seu irmão, este bravo lutador foi convidado pelo juiz da cidade para impôr a ordem na mesma. E quem lhe levou o convite foi suficientemente convincente para ele ficar. Chamava-se Tessie.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2021

NOD125. Perigo nas trevas

Apresentamos hoje um conto que, apesar do seu título algo alarmante, é portador de uma assinalável ternura, mesmo própria da época natalícia. Quem não gostaria de dormir neste invernoso momento com um esquilinho enrolado ao pescoço.

A publicação deste pequeno conto ocorreu no fascículo 5 do volume 10 do Condor Popular em data não determinada (talvez para o início de 1956) e o autor não está identificado.

segunda-feira, 25 de outubro de 2021

NOD124. Traidores do Oeste

«Traidores do Oeste» é um conto assinado por Orlando Marques publicado nos fascículos 408 e 409 da primeira série do Mundo de Aventuras. Não está identificado o autor das ilustrações.

O velho Bill Saunders conduzia um comboio que transportava importante carga de armas e medicamentos com destino a Forte Oregon. Não sabia que um grupo de traidores fazia planos para o impedir de cumprir essa missão na mira de receber contrapartidas dos «sioux» que pretendiam destruir esse forte.

Acontece que a conversa dos bandidos foi surpreendida pelo pequeno Jim que, aterrorizado com o que ouvira, encetou uma fuga com o objetivo de avisar o pai, nada mais nada menos do que o velho Bill. Não o conseguiu, pois foi apanhado pelos bandidos que, reconhecendo-o, o amarraram a uma árvore.

Os bandidos partiram para pôr em prática os seus planos e o pequeno para ali ficou até que foi encontrado pela pequena irmã. Iniciou então monumental cavalgada ao lado dela para avisar o pai.

E o plano dos bandidos gorou-se…

1. Planos sinistros

2. A derrota dos traidores


quarta-feira, 13 de outubro de 2021

NOD123. Búfalo Bill ataca!

Este pequeno livro da Coleção Cow-boy tem um cariz biográfico: ele fornece-nos uma visão que se pretende verídica sobre a vida e personalidade de Buffalo Bill, integrando-a com outros aspectos romanceados das suas façanhas. 

É assim que o autor destaca a sua principal proeza, designadamente, o seu combate com «Mão Amarela» para, em seguida, se dedicar a uma ficção acerca de uma colaboração com o chefe «sioux» «Águia Guerreira» com o objetivo de desmascarar os brancos que davam armas e «whiskey» aos índios em troca de lhes ficar com as terras. 

E quis o argumento que um desses brancos ocupasse o posto de General no exército dos USA e outro fosse juiz na cidade de Deadwood. Uma elite em quem se podia confiar…

Para temperar ainda mais o argumento, o autor, o senhor Kirby, um perito em questões históricas, revela que a menina Bruning, futura esposa de Buffalo Bill, não era nada mais nada menos do que a filha de um desses traidores. Pobre Buffalo! Como conseguiu ele calar esse facto tantos os anos que terá vivido com ela? Talvez por isso se tenha refugiado num circo…

A publicação integral deste livro, a que vamos proceder, terá a seguinte estrutura:

CWB011. 01 Prefácio

CWB011.02 Buffalo Bil contra «Mão Amarela»    

     (compare com o Buffalo Bill contra «Mão Amarela de Craenhals)

CWB011.03 Resistência à invasão dos brancos: o manto de «Aguia Guerreira»

CWB011.04 A derrota da resistência índia

CWB011.05 Planos para a convivência com os índios

CWB011.06 Um índio na cidade

CWB011.07 «Whiskey» e armas em troca das terras dos indios

CWB011.08 Morte aos traidores brancos

 


domingo, 10 de outubro de 2021

NOD122. Correia & Coelho. As aventuras de Jim West


«As aventuras de Jim West» é uma novela em 16 episódios da autoria de Artur Correia com ilustrações de E.T.Coelho, saída inicialmente na revista Mosquito e que aqui publicamos a partir da sua republicação no Jornal do Cuto. 
Jim West, Nath Pig, Louise e as várias tribos índias são os elementos centrais da trama a qual nos surge cheia de corridas, perseguições e um grande hino à amizade e ao amor, neste caso de Jim por Louise a quem procura afincadamente. 
 A escrita de Artur Correia pode aqui ser apreciada e podemos compreender como terá influenciado novelistas posteriores os quais nunca lhe renegaram elogios. 
A este respeito leia-se o que Jorge Magalhães escreveu no seu «O voo do Mosquito» a propósito deste grande autor, aliás um dos fundadores daquela mítica revista. 
E, agora, apreciem a novela.

quarta-feira, 8 de setembro de 2021

NOD121. O sangue brilha ao Sol

Eis um livro muito bem urdido de Mortimer Cody onde, por vezes, esquecemos o facto de ser um resumo, mas que nos leva ao desejo de conhecer a obra maior.

Quatro homens, saídos do exército confederado, foram integrados numa companhia de caminhos de ferro, a Union Pacific e resolveram fugir com trezentos mil dólares que roubaram depois de abaterem um elemento da empresa. Um desses homens, Carter, ficou ferido e, durante a fuga, foi baleado por um dos cúmplices perante a apatia dos restantes.

Jake Duncan foi contratado pela Union para recuperar o produto do roubo e iniciou uma competente perseguição aos quatro homens cujo destino foi diferente de caso para caso: um dedicou-se à bebida e a uma velhice completamente degradada; outro abriu um saloon onde aplicou o produto do roubo e perpetuou o rendimento; o mais selvático continuou uma vida de crimes e assaltos violentos; e o homem ferido foi recolhido por uma jovem que se apaixonou por ele. Esse homem interiorizou a missão de devolver à Union tudo o que havia sido roubado.

A ligação de Jake Duncan a este homem, Carter Maxine, não tardou a ser estabelecida e foi facilitada pela jovem que recolhera Carter ao tentar contratar os serviços de Jake para o defender perante os antigos companheiros.

Mas Carter teimou em levar a sua missão sozinho até ao fim e um dia algo quente e avermelhado correu pelas ruas da cidade perante os olhos de uma mulher em pânico.

Vamos apresentar o texto integral deste livro da coleção «6 Balas» de acordo com a seguinte estrutura:

Mais livros

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...